BEM VINDO AO BLOG ÓLEO DE DEUS.

QUE VOCÊ SEJA ABENÇOADO CADA VEZ QUE ACESSAR ESTE BLOG.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

AS RAPOSINHAS.


“Apanhai-me as raposas, as raposinhas, que devastam os vinhedos, porque as nossas vinhas estão em flor”. Cantares 2:15 – diferente das raposas adultas, as raposinhas podiam ficar imperceptíveis em um vinhedo, escondendo-se debaixo das folhas secas do vinhedo e eram capazes de entrar por brechas bem pequenas nas cercas. Feito isso, elas começavam a comer as raízes dos pés de uvas, acabando por mata-los. Preste atenção como coisas ruins podem entrar em sua vida, ministério, relacionamento, pois as raposinhas, lembre-se, podem ficar imperceptíveis, só se deixando perceber quando já destruiu o vinhedo. O pecado também entra em nossas vidas como as raposinhas e ele tem sempre: 1. Início 2. Crescimento 3. Consumação O PECADO COMO AS RAPOSINHAS, TEM O SEU INÍCIO INGÊNUO: A raposa adulta já foi um inofensivo filhote... O PECADO, COMO AS RAPOSAS TEM O SEU CRESCIMENTO DEVASTADOR: Coisas simples que parecem inocente podem trazer grandes tristezas e causar grandes perdas. O PECADO, COMO AS RAPOSAS TEM A CONSUMAÇÃO DESESPERADORA DE SUA OBRA: O pecado sendo consumado, gera morte! Não desprezemos as raposinhas, fiquemos atento. Não devemos desprezar as pequenas coisas por serem sem muita importância (Zacarias 4:10). Tolerar pequenos erros é permitir que o pecado cresça e destrua a nossa vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário